Expresso Natalino

No dia 7 de dezembro a Expresso Guanabara, empresa de transporte intermunicipal e interestadual, trouxe seu carro natalino para Belém.

LRM_EXPORT_20171208_000741

O Expresso Natalino, nome dado pela empresa exclusivamente a esse carro, é um Paradiso G7 1200 O-500RSD Gênesis (serviço Executivo) de numeração 760, que já entrou no clima de natal recebendo enfeites de iluminação na área externa do veículo.

O ônibus fez um passeio noturno pela cidade de Belém, visitando alguns lugares como Avenida Visconde de Souza Franco, Praça da República e também a Batista Campos, chamando atenção da população que, por onde passava atraía olhares e flash das fotos.

IMG-20171207-WA0089

Imagens: Thiago Moreira e Luciano Félix / Texto: Fabrício Brandão

Anúncios

Boa Esperança recebe mais ônibus novos

A Comércio e Transportes Boa Esperança adquiriu mais unidades da linha G7 da Marcopolo. Depois dos Paradiso 1200 e 1800 DD, é a vez dos 1600 LD se juntarem à frota nesta etapa da renovação.

68743bb57c263fc67d76b0955507ecd0

As unidades são encarroçadas sob o chassi K360IB 6X2 da Scania. É tradicional a casadinha da Boa Esperança com a Marcopolo e a fabricante sueca.

Dotados de ar condicionado, WC e itens de conforto, as novas unidades vêm para reforçar ainda mais as linhas intermunicipais que a empresa opera no Pará, sendo a maior e mais tradicional empresa do estado.

Texto: Josivandro Avelar / Imagem: Jovani Cecchin

Boa Esperança recebe DDs de 15 metros

A Boa Esperança recebeu mais ônibus novos para sua frota. Dessa vez ela trouxe DD de 15 metros, comprimento autorizado pela legislação brasileira no segundo semestre desse ano. Esse comprimento era autorizado somente para ônibus urbano, enquanto os rodoviários possuíam comprimento máximo de 14 metros.

DSC_6962

Foram vistos oito véiculos, fotografados na cidade de Imperatriz-MA, sendo dois Paradiso 1800DD e seis Paradiso 1200. Os Paradiso 1800DD são encarroçados em chassis Scania K440 8×2 de 15 metros, o que oferece mais estabilidade e maior segurança nas rodovias. Outro ponto positivo é a possibilidade de ampliar a capacidade de passageiros em linhas de maior demanda.

DSC_6959

Os Paradiso 1200 também são encarroçados em chassis Scania, porém, de modelo K360 6×2 de 14 metros, configuração já existente na frota da empresa.

A equipe do OCB agradece ao Gean Brito por gentilmente ter cedido as imagens.

Texto: Eduardo Pires

 

Nova fase de integração do sistema BRT

No ultimo sábado, iniciou uma nova etapa de integração de linhas convencionais com o sistema do BRT no Terminal São Brás. 

Agora, as linhas 758 – Conjunto Maguari x Ver-o-peso Via Almirante Barroso e 872 – Icoaraci x Almirante Barroso passam a entrar no terminal São Brás e fazer integração com linhas que já operam dentro do terminal e até mesmo ao BRT. Dessa forma, possibilita a integração física e tarifaria aos usuários dessas linhas sem o pagamento adicional.

P1030500.JPG
As duas linhas foram escolhidas inicialmente devido a estudos técnicos feito pelo órgão que regulamenta o transporte na capital, SeMOB, onde tiveram como um dos pressupostos o destino ao centro da cidade que essas linhas oferecem, como Avenida Presidente Vargas e Ver-o-Peso.

O serviço será ofertado por essas duas linhas citadas que tem caráter “serviço parador”, ou seja, os carros que não trafegam pela pista dos expressos.
Segundo as ordens de serviço expedida pela SeMOB, as linhas farão o seguinte trajeto:

Tanto no sentido Bairro-Centro quanto Centro-Bairro, ao chegarem em São Brás, próximo ao Terminal, irão acessar a pista rígida adentrando ao terminal São Brás fazendo o embarque e desembarque de passageiros e posteriormente seguindo ao centro ou ao bairro de acordo com a linha de origem.

P1030503.JPG

Dessa maneira, as linhas 872 e 758 poderão fazer integração com as linhas que já integram ao sistema, como 879 – Outeiro x São Brás, 883 – Outeiro/Itaiteua x São Brás, 875 – Icoaraci x São Brás, 881 – Icoaraci/Aguas Negras x São Brás e até mesmo ao ônibus do BRT, dentro do Terminal São Brás sem pagar tarifa adicional.

Texto: Fabrício Brandão/ Fotos: Carlos Farias

Faixas exclusivas para ônibus

A partir do dia 20 de novembro, Belém passará a contar com a ativação da primeira etapa do sistema BRS. Caracterizado por faixas exclusivas para ônibus comuns em grandes corredores de tráfego, o sistema BRS funcionará na faixa da direita das vias que receberam a nova sinalização e passarão a ser exclusivas para ônibus: na Governador José Malcher (da José Bonifácio à Visconde de Souza Franco), Conselheiro Furtado (da Castelo Branco à Padre Eutíquio) e Castelo Branco (que servirá de integração entre a Governador José Malcher e a Conselheiro Furtado). Na próxima terça-feira, 7, a equipe de educação para o trânsito da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém estará nestas vias orientando a população a respeito da implantação do novo sistema.

BJ-99802 Torino F-230

A partir do funcionamento das faixas exclusivas, ficará proibida a circulação de veículos particulares na faixa de ônibus. A manobra dentro da faixa só será permitida para o acesso de imóveis ou conversões à direita. A fiscalização será realizada, principalmente, por radares eletrônicos e se dará de maneira inteligente e integrada entre os aparelhos, que garantirão que a faixa seja utilizada exclusivamente pelos coletivos. O veículo comum que acessar a faixa para manobras permitidas pode ser registrado por um radar, mas a infração, que estará baseada no artigo 184 do Código de Trânsito Brasileiro, só será consumada no registro do segundo radar, quando caracterizar que ele trafegou por mais de um quarteirão dentro da faixa exclusiva. Agentes de transporte ficarão responsáveis em fiscalizar os ônibus que saírem da faixa em local não permitido.

“Este modelo de circulação do transporte público já funciona em outras capitais, como o Rio de Janeiro, e tornou o serviço muito mais interessante. As vias que recebem o sistema estão sendo sinalizadas há quatro meses e a população já teve tempo de se acostumar com a novidade. Ainda assim serão 15 dias de trabalho educativo da Semob para orientar motoristas de carros particulares e rodoviários a respeito dessa nova realidade, antes de iniciarmos a fiscalização na área”, explica Ana Paula Grossinho, titular da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob).

Fonte: Agência Belém / Imagem: Eduardo Pires

Rodovia Arthur Bernardes

Fizemos um levantamento sobre as características do transporte na rodovia Arthur Bernardes.
É uma importante rota de ligação entre Belém e o distrito de Icoaraci, atravessando bairros como: Paracuri, Tapanã, Pratinha, Val-de-Cans, Miramar, Barreiro e Telégrafo, tendo uma extensão total de aproximadamente 15,4 km. 

AT-64304 (2)

Os ônibus que trafegam pela via são padronizados predominantemente com as cores alaranjada, verde e amarela (linha 654). 

As empresas que atuam na rodovia são:

Belém Rio, Monte Cristo, Nova Marambaia, Rio Guamá, Transcol, Transurb e Vialoc.

AL-63412 (3)

As linhas de ônibus que atendem a rodovia são:

631 – Marex x Ver-o-Peso

632 – Marex x Felipe Patroni

634 – Marex x Arsenal

636 – Marex x Presidente Vargas

638 – Pratinha x Presidente Vargas

639 – Pratinha  x Shopping Castanheira (Via Tapanã)

641 – Pratinha x Shopping Castanheira (Via Almirante)

642 – Marex x Centro (Via Bengui)

643 – Pratinha x UFPA

654 – Bengui x Presidente Vargas

668 – Pratinha x Ver-o-Peso

757 A – Jardim Europa x Presidente Vargas

757 B – Jardim Europa x Ver-o-Peso

870 – Paracuri II x Ver-o-Peso

871 – Icoaraci x Ver-o-Peso

873 – Icoaraci x Presidente Vargas

880 – Outeiro x Presidente Vargas

886 – Paracuri I x Ver-o-Peso

BJ-75704 (2)

As carrocerias de ônibus presentes na via são:

Busscar: Micruss e Urbanuss Ecoss
Caio: Apache Vip I, II, III e IV e Foz Super
Comil: Piá 2008, Svelto 2008 e 2012
Marcopolo: Senior, Torino 2007 e 2014
Mascarello: Gran Micro

BD-87108 (4)

Os ônibus que trafegam na rodovia são encarroçados nos chassis:

Mercedes-Benz: LO-915, LO-916, OF-1218, OF-1418, OF-1519, OF-1721 Euro 5 e OF-1722M
Volkswagen: 8-160OD, 9-150EOD, 15-190EOD e OD, 17-210EOD e 17-230EOD e OD
Volvo: B270F

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto: Paulo Vitor / Imagens: Andrey Alves

Mais ônibus novos para a Guajará

Após a aquisição de cinco Sveltos OF-1721, a Guajará recebeu mais cinco novos veículos. A carroceria também é o Comil Svelto, porém, mais curtos, encarroçados em chassis Mercedes-Benz OF-1519, na mesma configuração dos que foram adquiridos pela Rio Guamá.

P1030296P1030303

Com a chegada desses novos ônibus, a empresa busca reduzir ainda mais a idade média da sua frota. Seus prefixos serão: AI-11305, AI-11407, AI-11410, AI-30701 e AI-30906, sendo destinados para as linhas 113 – Cremação x Estrada Nova, 114 – Cremação x Alcindo Cacela, 307 – UFPA x Padre Eutíquio e 309 – UFPA x Ver-o-Peso.

P1030305P1030300

São configurados com duas portas, sendo a traseira para desembarque e equipada com elevador Ortobrás, catraca Foca, letreiro eletrônico FRT âmbar, piso emborrachado na cor azul (taraflex), vidros em fumê, sistema de segurança Anjo da Guarda, além das novas lanternas traseiras e o DRL (farol de rodagem diurna) na dianteira.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Mais uma vez o Ônibus Clube de Belém agradece a Guajará pela recepção e atenção durante a visita.

Imagens: Carlos Farias / Texto: Eduardo Pires