Os novos ônibus da Autoviária Paraense

Após três anos sem adquirir veículos novos, a Autoviária Paraense recebeu oito unidades de Marcopolo Torino 2014 Volkswagen 17.230 OD.

DSCN9914

DSCN9911

Foram distribuídos entre quatro linhas da empresa: 910 – Marituba x Pátio Belém (Beija-Flor), 918 – Marituba x Ver-o-Peso (Beija-Flor), 924 – Almir Gabriel x Presidente Vargas e 925 – Almir Gabriel – Ver-o-Peso.

IMG_20180604_113822

Os carros estão rodando desde 4 de junho com os seguintes prefixos: AV-001, AV-002, AV-007, AV-91001, AV-91007, AV-91807, AV-92402 e AV-92508. Possuem três portas, sendo a porta central equipada com elevador para deficientes físicos da Ortobras, letreiros principal e secundário eletrônico SetBus de cor branca e piso em alumínio.

IMG_20180604_114922

Os antigos veículos que operavam com os prefixos mencionados anteriormente foram remanejados para outras linhas ou foram baixados da frota, sendo postos à venda em seguida.

IMG_20180604_114851

A Equipe OCB agradece aos colaboradores Lucas Sérgio e Guilherme José pelo compartilhamento de mídias e informações.

Texto: Guilherme José.

Fotos: Guilherme José e Lucas Sérgio.

Anúncios

Aí está ele: o novo Senior.

A empresa chilena Yanguas Turismo foi a primeira empresa a receber a nova versão do Senior. É a sexta versão do microônibus da Marcopolo, lançado em 1983 e que não era reestilizado há 13 anos – a última versão foi lançada em 2005.

534d883dca316d83be6f1be90a98e65d

Esta unidade é encarroçada no chassi LO-916 Bluetec5 da Mercedes-Benz.

Fabricada na unidade matriz da encarroçadora em Caxias do Sul, o novo Senior traz traços dos rodoviários G7 e herda ainda traços do Audace, como no formato dos faróis, com a adição na parte superior de faróis de luz diurna (DRL).

O Senior é o único modelo da Marcopolo que possui versões urbana e rodoviária em comum, sendo que a versão urbana, esta ainda não divulgada, deve ser um pouco diferente do modelo rodoviário, tal como na versão até aqui corrente, lançada em 2005, com diferença nos faróis dianteiros – o rodoviário usa máscara de vidro, o urbano usa máscara de fibra.

Lateralmente, não se nota muitas alterações, a não ser o “chapéu” no teto, herança da linha G7, e a moldura próxima da porta.

Até aqui, não há informações da aquisição do modelo por cliente brasileiro, o que pelo próprio fato do modelo já estar sendo fabricado em Caxias do Sul, indica que isso pode estar próximo.

Foto: Jovani Cecchin.

Texto: Josivandro Avelar.

Transportes Águas Lindas traz novidades aos seus usuários.

A empresa de transportes Águas Lindas, que opera as linhas 915 – Águas Lindas x Pátio Belém, 916 – Águas Lindas x Ver-o-Pêso, 922 – Águas Lindas x Presidente Vargas e 996 – Águas Lindas x Icoaraci, lança seu aplicativo. Desenvolvido pela empresa M2M Solutions, o APP é voltado para que seus usuários tenham a praticidade e comodidade na hora de embarcar em um dos ônibus da empresa.

app1

Interface do aplicativo

O aplicativo é chamado “Meu Ônibus Águas Lindas”, no qual informa ao passageiro a previsão de chegada dos ônibus nos pontos, gera previsões em tempo real baseadas na geolocalização dos veículos, para assim, ter a maior comodidade e previsibilidade de programar suas viagens em uma das linhas da empresa citadas acima.

Para utilizar o aplicativo é bem simples:

– Baixe o aplicativo nas lojas virtuais de seus smartphones, identifique no mapa os pontos de parada mais próximo utilizando o GPS do seu celular ou digite um endereço para localizar os pontos mais próximos;

– Selecione o ponto de parada desejado e visualize as linhas que passam por este ponto e suas respectivas previsões de chegada;

– Selecione a linha de ônibus que desejar e veja no mapa o trajeto e a previsão de chegada do próximo veículo até seu ponto de parada;

app2

O app também conta com uma aba denominada “NOTÍCIAS” para informar tudo que se refere às mudanças feitas pela empresa. Outra opção é chamada de “DEIXE SUA OPINIÃO” para que os usuários tenham contato direto com o gerenciamento da empresa a cerca de seus serviços.

Um ponto importante destacado pelos desenvolvedores é que o app Meu Ônibus Águas Lindas depende das informações enviadas pelos veículos através da rede de dados da operadora de celular. Problemas na rede ou na cobertura da operadora interferem na qualidade da informação em tempo real.

EDITBL-91601

O link para download pela PlayStore está abaixo:

https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.m2m.meuonibus.aguaslindas

Fotos: Andrey Alves  e App Meu Ônibus

Texto: Fabrício Brandão.

Fonte: M2M Solutions Ltda e App Meu Ônibus.

 

 

Rodoviários de Belém põem fim à greve

Após cinco dias de paralisação, os trabalhadores rodoviários de Belém decidiram pelo fim da greve da categoria em assembleia, no início da noite desta segunda-feira (23), no bairro de São Brás. Eles aceitaram as propostas colocadas em reunião no Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região na tarde de hoje. Marituba e Ananindeua ainda não haviam decidido.

De acordo com representante do Sindicato dos Rodoviários de Belém, a proposta é: instalação do ponto biométrico em um período de até 5 meses; aumento de salário com relação ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC); além de aumento de 1% em benefícios como ticket alimentação.

A carga horária atual, de 7 horas e 20 minutos com 1 hora de intervalo, deve ser mantida.

Os ônibus voltam a circular a partir da meia-noite desta terça-feira (24).

AT-64304 (2)

Fonte: DOL – Diário Online
Adaptação: OCB – Ônibus Clube de Belém
Imagem: Andrey Alves

“Ela voltou, a TTT voltou novamente”

Ela voltou, sim a TTT, voltou. Nesta quarta-feira. a ANTT publicou em seu site as linhas que lhe foram cassadas em maio de 2016 e com isso, uma das principais operadoras da regiões norte, nordeste e centro-oeste do país volta a operar as linhas que lhe foram cassadas a quase dois anos.

Em uma semana, as primeiras linhas voltam a serem operadas pela TTT e gradualmente a empresa volta a operar as antigas linhas em sua totalidade.

As primeiras linhas que voltam a ser operadas pela Transbrasiliana em 25/04 são as seguintes:

Goiânia(GO) X Marabá(PA)
Goiânia (GO) X Redenção(PA)
Goiânia(GO) X Xinguara(PA)
Marabá(PA) X Goiânia(GO)
Dianópolis (TO) X Goiânia(GO)
Goiânia (GO) X Conceição do Araguaia (PA)
Goiânia (GO) X Araguaína (TO)
Dianópolis (TO) X Goiânia (GO)
Goiânia (GO) X Guaraí (TO)
Goiânia (GO) X Gurupi (TO)
Goiânia (GO) X Paraíso do Tocantins (TO)
Marabá (PA) X Araguaína (TO)
Teresina (PI) X Brasília(DF)
Brasília (DF) X Teresina (PI)
Araguaína (TO) X Marabá (PA)
Goiânia (GO) X Araguaína (TO)

As empresas Guanabara, Progresso, Satélite Norte, Ouro e Prata, Real Expresso e Rápido Federal estavam operando linhas da Transbrasiliana após autorização pela Portaria Nº 181. Ainda não se sabe se essas empresas continuarão na operação das linhas juntamente com a Transbrasiliana.

51235 Campione 3.65 K340 em São Luis-MA (3)

Entenda o caso

A cassação da TTT foi divulgada no Diário Oficial da União de 20/05, tendo sido a Resolução Nº 5.100 datada de 16 de maio de 2016. A ANTT já havia exposto antes que iria tomar medidas extremas como essa após abrir procedimento administrativo contra ela e a Rápido Marajó, do mesmo grupo. 29 linhas passaram a ser operadas por outras empresas a partir do início de maio de 2016, conforme determinação da Portaria Nº 181 da agência reguladora. Com isso, as seis empresas que até então operavam as linhas em caráter provisório puderam fazê-las, na prática, em caráter permanente.

Abaixo, segue o texto da Resolução Nº 5.100, de 16 de maio de 2016:

Resolução nº 5100 – de 16/05/2016

Aplica a pena de cassação dos serviços operados pela Transbrasiliana Transportes e Turismo Ltda.

A Diretoria da Agência Nacional de Transportes Terrestres – ANTT, no uso de suas atribuições, fundamentada no Voto DSL – 094, de 12 de maio de 2016, e no que consta do Processo nº 50500.005807/2006-70 e apensos, RESOLVE:

Art. 1º Aplicar a pena de cassação dos serviços operados pela Transbrasiliana Transportes e Turismo Ltda., CNPJ n° 01.016.989/0001-94, em conformidade com os Arts. 78-A e 78-H da Lei n° 10.233, de 05/06/2001, e com as Resoluções ANTT nº 2868/2008 e nº 2869/2008.

Art. 2º Determinar à Superintendência de Serviços de Transporte de Passageiros – SUPAS que comunique à Transbrasiliana Transportes e Turismo Ltda.

Art. 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação.

JORGE BASTOS
Diretor-Geral

No início de abril de 2016, a Transbrasiliana pediu recuperação judicial, junto a outras empresas do Grupo Odilon Santos, com o objetivo de manter a prestação de serviços e assim, evitar a falência. A empresa já vinha enfrentando dificuldades, com falta de regularidade dos horários, conservação da frota, culminando com problemas trabalhistas; a empresa já estava atrasando os salários dos motoristas, tendo entrado várias vezes em greve.

A Transbrasiliana chegou a transferir linhas para a Marajó e Araguarina, porém problemas entre a TTT e a Araguarina levaram ao cancelamento da transferência das linhas entre elas. As linhas que foram para a Marajó com ela continuaram.

Por Ônibus Paraibanos / Imagen: Eduardo Pires

Rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba iniciam greve

A categoria dos rodoviários de Belém, Ananindeua e Marituba anunciou que os trabalhadores entrarão em greve a partir da meia-noite desta quinta-feira (19). A reunião foi decidida em assembleia na noite de hoje.

Na noite de ontem a desembargadora do Trabalho, Francisca Oliveira Formigosa, emitiu uma medida cautelar em favor da Federação das Empresas de Transportes da Região Norte (Fetranorte) e do Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Belém (Setransbel), garantindo aos municípios de Belém, Ananindeua e Marituba 80% da frota de ônibus nas ruas caso a greve fosse deflagrada.

A decisão exige a circulação desse percentual da frota nos horários normais e 100% de circulação nos horários de pico. O não cumprimento será convertido em multa de R$ 100 mil por dia. E caso comprovada a circulação dos coletivos sob efeito de ‘catraca livre’, a multa será de R$ 20 mil veículo/dia.

AL-43901 (3)

Em resposta, o sindicato dos Rodoviários de Belém afirmou na noite de hoje (18) que uma reunião será realizada agora com a diretoria executiva para definir quais serão as estratégias da greve amanhã, a exemplo da porcentagem da frota que deverá rodar na cidade. Uma concentração está prevista para ser realizada nesta quinta na praça de São Brás, em Belém.

Por meio de nota, a CTB (Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil) afirmou profunda revolta com a ação cautelar emitida e afirmou que a Justiça do Trabalho estaria prejudicando a luta e organização dos trabalhadores rodoviários de Ananindeua e Marituba.

“A Justiça do Trabalho chamou o Sindicato dos Rodoviários para uma reunião de conciliação, com a presença do Ministério Público, tudo para chegarmos a um acordo. Ao invés disso, fomos comunicados dessa decisão, proibindo até a catraca livre e determinando pesadas multas”, disse José Marcos Araújo, dirigente da CTB Pará.

A categoria exige reajuste de 10% do database, retorno da jornada de trabalho para 6h20, ticket alimentação de R$ 600, plano de saúde, além da implementação do ponto biométrico nos finais de linhas.

Font: DOL – Diário Online / Imagem: Andrey Alves

Mudança temporária nas linhas que trafegam pela Transcoqueiro

Mais mudanças ocorrerão nos próximos dias devido as obras na ponte da Transcoqueiro com Avenida Três Corações.

Em decorrência disso, algumas linhas sofrerão alteração em seus itinerários nesse perímetro.

17098590_667175236740642_8888401508599631443_n

O desvio orientado pelo SEMUTRAN/ Prefeitura de Ananindeua afetarão as seguintes linhas:

906A – Guajará x Ver-o-Pêso (Via Transcoqueiro/UNA)

911 – Icuí x Ver-o-Pêso

907 – Paar – Ver-o-Pêso

321 – UFPA x Cidade Nova 6

878B – Icoaraci x Cidade Nova (Via Una)

962 – Jaderlândia x Presidente Vargas

964 – Jaderlândia x Ver-o-Pêso

13934941_537241546400679_7225898845435404636_n

As linhas 906A e 911 farão o seguinte trajeto:

SENTIDO BAIRRO-CENTRO: Av. Hélio Gueiros, Rod. Mário Covas, Av. Independência, (1º retorno a direita) Av. Independência, Rua Benjamin (Cabanagem), Rod. Transcoqueiro, Av. Augusto Montenegro, centro.

SENTIDO CENTRO-BAIRRO: Av. Augusto Montenegro, Rod. Transcoqueiro, Rua Benjamin (Cabanagem), Av. Independência, Rod. Mário Covas, Av. Hélio Gueiros, a destino.

AE-32114 (5)

As linhas 878B e 321, farão assim:

SENTIDO CIDADE NOVA: Av. Augusto Montenegro, Rod. Transcoqueiro, Rua Benjamin (Cabanagem), Av. Independência, Rod. Mário Covas, Av. Três Corações, Cidade Nova.

SENTIDO AUGUSTO MONTENEGRO: Rod. Mário Covas, Av. Independência, (1º retorno a direita) Av. Independência, Rua Benjamin (Cabanagem), Rod. Transcoqueiro, Av. Augusto Montenegro, a destino.

AF-90722 Apache Vip II 17-230EOD

A linha 907 seguirá no sentido bairro-centro: Av, Independência, Rua Benjamin (Cabanagem), Rod. Transcoqueiro, Av. Augusto Montenegro, centro. E no retorno ao bairro, fará o mesmo trajeto inverso.

14141493_548655021925998_7665631888730127261_n

As linhas 962 e 964 seguirão da seguinte forma:

SENTIDO BAIRRO-CENTRO: Rua Jarbas Passarinho, Rod. Transcoqueiro, Rua Benjamin, Av. Independência, Rod. Mário Covas, Br-316, centro.

SENTIDO CENTRO-BAIRRO: Rod. Mário Covas, Av. Independência, (1º retorno a direita) Av. Independência, Rua Benjamin (Cabanagem), Rod. Transcoqueiro, Rua Jarbas Passarinho, fim de linha.

Lembrando que essas alterações são temporárias, ou seja, só ocorrerão no período das obras, podendo sofrer alguns ajustes futuros.

Fonte: Tráfego Viação Forte.

Texto: Fabrício Brandão.

Fotos: Andrey Alves, Bruno Barros, Carlos Farias, Eduardo Pires e Erick Miranda.